Telhados de vidro, quem os não tem?

Posted by lawrence On sexta-feira, 9 de outubro de 2015 4 comentários


 
O refinado atrasado mental e empresário falido que é presidente do LOL do Lumiar, deve andar mesmo muito à rasca lá com os processos e com a falta de graveto para dar corpo àquela mais que badalada decisão de, à beira do precipício, dar um passo em frente!
 
E o passo em frente foi atirar meia dúzia de pedras, em especial, para o telhado do S.L.B.!
 
Tivessem os dirigentes do S.L.B. a  mesma reacção atirando pedras para os telhados dos vizinhos e estava montada a barracada total donde, o resultado final seria ficarem todos sem telhas.
 
Acredito que ao longo dos anos, mesmo com Damázios e Azevedos, as telhas de vidro do nosso telhado sejam mesmo assim menos que as da concorrência porque as pedradas foram mais para o próprio telhado que para os dos outros. 
 
Mas que as há, acredito, ou não fosse o mundo do desporto aquilo que vamos vendo e lendo com tantas histórias de corrupção, doping, tráfico de influências, lavagem de dinheiro, etc, etc.
 
Donde até fifas, uefas e comités olímpicos não ficam impunes, quanto mais clubes!
 
Como tal, a aparente decisão dos dirigentes do S.L.B. de não retaliar pelas mesmas vias parece-me acertada embora tenha quase a certeza que pelas masmorras da indústria deve andar um corrupio de criar bicho!
 
É que o kim jong ún(ico) badochas, atirando uns tiros para o outro lado da fronteira esteve à beira de criar uma "guerra mundial" donde ninguém sairia impune e a indústria não pode alinhar nisso!
 
Como tal, calculem o "frenesim diplomático" que deve andar pela liga e pela federação com alguns a enfiarem o dedo no cano dos canhões do S.L.B. para que não dispare para o outro lado!
 
Que pelo menos sirva para pôr o mitómano a fazer uma cura passageira no Júlio de Matos que até fica ali bem pertinho do "LIDEL"!

E, acima de tudo, carrega Glorioso!!

4 comentários:

Nau disse... [Responder]

É deixá-lo(s) poisar!
Primeiro, é dar-lhe(s) a resposta no dia 25: no estádio (esgotado), a vaia merecida aos inimigos (já não consigo vê-los de outra maneira e jamais assinaria pactos com aquela gente invejosa e desejosa de que nos aconteça o pior) do início ao final do jogo; o apoio constante à nossa equipa; uma vitória sem espinhas.
A seguir, e após a decisão da justiça relativamente às insinuações/acusações do desbocado, é entalá-lo no local certo - um dia destes, o marreta terá tantos processos em cima do coiro que não lhe sobrará tempo nem energia para dar às nalgas aquele trabalho todo que sabemos pela sua boca.

Anónimo disse... [Responder]
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse... [Responder]
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
lawrence disse... [Responder]

Sim, grande Sportinguista, realmente!

Enviar um comentário


Subscrever as notícias



Com tecnologia do Blogger.