O NOJO

Posted by lawrence On quinta-feira, 28 de abril de 2011 3 comentários

"Algumas vezes dá-me nojo viver neste mundo, mas é o nosso mundo..."

José Mourinho dixit!

Vale que é poucas as vezes, não é Zé?
Quando treinavas o Cedofeita F. C. (fruta e corrupção), desabafos desses, tá quieto!
Agora que "elas" te doem, chegou o teu momento de "nojo"!
Óguenta!!

p.s.-O meu bloguer panel não me deixa modificar, cores, letras, tamanhos, para pôr o texto mais
bonitinho. As minhas desculpas.

3 comentários:

benfica até debaixo d'água disse... [Responder]

Caiu a máscara ao zé. Ahahahah, o homem necessita de muita coisa, principalmente de uma grande dose de humildade.

Não é só nas vitórias que se v~em os grandes homens, nas derrotas também.

O que queria este palhaço quando a sua equipa em casa só tem 21% de posse de bola?

O que queria este palhaço quando submete a sua equipa a defender toda dentro do seu campo?

O que queria este palhaço quando tem uma equipa com o maior orçamento do planeta e pratica um futebol de puro nojo?

Acorda zé, quando foste ajudado por o árbitro que invalidou o golo limpo do manchester united nem abriste o piu, quando o olegário benquerença te validou um golo irregular em fora de jogo nem te ouvi.

Acorda zé.


OBRIGADO BARCELONA

Tiago disse... [Responder]

obrigado Barcelona?? por ter jogadores constantemente a fazerem teatro para tentarem expulsar alguém? ou então a fazerem faltas completamente fora de tempo e só serem avisados enquanto os outros levam amarelo por faltas idênticas ou vermelho quando devia ser amarelo? ou por andarem sempre atrás do árbitro a contestar todas as decisões como se um penalti tivesse ficado por marcar??

o jogo de ontem foi uma bodega. culpa do Real e do Barcelona!!

mas o Barça enquanto super equipa não devia ser beneficiada todos os anos... e tem sido todos os anos. e não é só contra o Mourinho!

Tiago disse... [Responder]

nem de propósito...

"O avançado Emmanuel Adebayor, do Real Madrid, ficou indignado, tal como os seus colegas, com a atitude dos jogadores do Barcelona, onde qualquer contacto serviu para caírem e pelo facto de exagerarem no «teatro» para tentarem arrancar expulsão de um adversário.

«O futebol é um jogo para homens. Frente ao Barcelona cada vez que lhe tocas caem no chão e choram como um bebé», afirmou Adebayor, em declarações à imprensa espanhola.

O avançado já está habituado a jogar com apenas 10 jogadores frente ao conjunto catalão: «Joguei três vezes contra eles e todas as vezes ficámos com 10 jogadores. Toda a gente fala do fair play do Barcelona, mas em campo não vejo nada disso. Qualquer contacto serve de desculpa para caírem no chão e para colocarem as mãos na cara»."

Enviar um comentário


Subscrever as notícias



Com tecnologia do Blogger.