CRÓNICA DAS ARÁBIAS (16)

Posted by lawrence On sábado, 16 de outubro de 2010 1 comentários

Nesta crónica, vou falar de outras crónicas.
Tenho verificado que RAP (ao qual se vai juntando o "visconde" Quintela) tem decerto um fétiche por Vin Diesel e o seu filme "Crónicas de Riddick" tal a quantidade de vezes que o homem desmonta as crónicas dos "riddíkulos" escrevinhadores azul e broncos da firma M&P,Ldos. (Merdeira & Plágios, Limitados).
Já eu, nesse filme, tenho uma predilecção especial por aquela parte em que o sol lá do sítio nasce e abrasa tudo por onde passa, à semelhança do sol daqui, mas mais em soft.
Não sei porquê, naquele cenário acho que ficava bem a etar de contumil e seus diligentes zeladores.
Era uma solução rápida, barata, eficiente e não deixava cheiro nem depósito.
Continuo a dizer que quer as crónicas de RAP quer do "visconde" estão num português
inatingível lá por contumil.
99% não percebe nada, encolhe os ombros e vai para o beco gritar: "o meu pai é o pinto da bosta!" e o restante 1% finge que não percebe mas vai ligar ao macaco a perguntar se há maneira de partir as rótulas a estes gajos.
Já as crónicas do Ernesto, do Operações Especiais e outros que tais, falam em tudo (tipo: "se hoje não chover talvez as maçãs não apodreçam") menos no que deviam.
Às crónicas desses chamo as "Crónicas do Titanic" já que enquanto o barco se afunda a orquestra continua a tocar!
.
p.s.-Daqui a bocado o Glorioso faça o favor de dar uma cabazada nessa rapaziada "aprendizes de feiticeiros" para não haver misturas ok?
Hoje, infelizmente não vou poder ver, porra!

1 comentários:

VHugo disse... [Responder]

E não é que viste mesmo a cabazada!

http://forcamagicoslb.blogspot.com/2010/10/curiosidade.html

Enviar um comentário


Subscrever as notícias



Com tecnologia do Blogger.