O Jogo de Futebol...

Posted by Carpácio On quarta-feira, 20 de outubro de 2010 8 comentários


Por mais que todos os Benfiquistas estejam chateados com a derrota do Benfica frente ao Lyon, a mais pura das verdades é que fomos vitimas do "Jogo de Futebol", muitos adeptos e curiosos deste desporto esquecem-se que a palavra Jogo está metida ao barulho e quando essa aparece logo de seguida vem uma ainda mais cruel para o bom e para o mau a Sorte.

Os mais efusivos e derrotistas, vão dizer que o Benfica fez uma péssima exibição, que a equipa é uma vergonha, que já perdemos o Campeonato e a Liga dos Campeões, vão assobiar o Roberto (ou não!) vão chorar lágrimas de Saudade do Cardozo e gritar por ele após o assobiarem, mas a verdade é que hoje fomos fruto do "Jogo de Futebol" e nada poderia ser feito, hoje simplesmente não era a nossa noite e só podemos pensar positivo e levantar a cabeça para o próximo jogo.

Se observarmos de forma fria o jogo frente ao Lyon, podemos observar que durante 21 minutos, as coisas estavam muito equilibradas, aliás quando o Lyon marca o primeiro golo devido a uma falha infantil do Carlos Martins o Benfica estava por cima e com muito mais posse de bola e a fazer uma partida agradável ainda a estudar o seu adversário.

De seguida pouco passou (43') até ao Nico Gaitan ser expulso, também de forma infantil embora o árbitro na minha opinião tenha sido demasiado rígido sem necessidade embora seja aceitável a expulsão. Nesse preciso momento a perder 1-0 e reduzidos a 10 havia pouco a fazer a não ser esperar pelo intervalo para descansar as pernas e levar na cabeça do Jorge Jesus (o que certamente aconteceu!).

Quanto ao Jorge Jesus, com todo o respeito que tenho por ele e pelos jogadores, jamais vou entender opções como retirar o Aimar de 10 em pról do Carlos Martins, já são muitos jogos para perceber que com o Carlos na posição 10 o Futebol do Benfica perde magia, fica demasiado mastigado, exageradamente obvio e muito pouco dinâmico e por sua vez o Aimar a Extremo Direito só mesmo na PS3 (no FIFA11 mais precisamente!).

De volta da primeira parte, tivemos direito a 6 minutos apenas e sofremos logo o segundo golo, peço-vos desculpa mas não conheço nenhuma equipa que consiga reagir a tudo isto no mesmo jogo naqueles "timmings" precisos 21', 43' e 51'

Como referi, fomos vitimas do "Jogo de Futebol" onde sofremos e perdemos em "timmings" cruciais que não poderiam ser piores e esta noite a Sorte não esteve no nosso lado, esteve no lado do Lyon que de forma justa venceu esta partida e não poderia escolher melhor espaço temporal para cada situação acontecer e quando assim é, não há estrelas, não há jogadores, não há lutadores que consigam resistir a não ser o Grande Roberto que com muita luta e dedicação conseguiu evitar um mal maior.

8 comentários:

benfica até debaixo d'água disse... [Responder]

E que tal um pouco de humildade?

Carpácio disse... [Responder]

Nem sei se foi falta de humildade, correu-nos foi francamente mal, mas concordo que não estivemos à altura das palavras do "pré-jogo" ;)

Bruno Rocha disse... [Responder]

A crónica que fiz no meu blog vai um pouco ao encontro da sua mensagem. Concordo com muito do que foi dito neste post.
Salientar apenas que a equipa precisa de crescer num aspecto: reagir à adversidade, portanto, reagir ao resultado negativo. Se reparerem, Porto, Nacional, Académica, Lyon, Schalke... em todos estes jogos, tivemos bem até sofrer o primeiro golo. A partir daí, é o que todos sabemos.

Cumprimentos
Mundo da Bola (gdsa.blogspot.com

Nuno disse... [Responder]

A sorte nao esteve do nosso lado? Bolas... e as tres batatas no poste? Se o Lyon nao tem descansado na segunda parte, tinha acabado com 5 ou 6. Isto hoje nao teve nada a ver com sorte. Teve a ver com nao passar a bola decentemente, e ver os outros jogar.

lawrence disse... [Responder]

Vamos lá a saber por que bitola queremos medir a actuação da equipa.
Se pela época passada, é para esquecer!
Se pelo que estamos há longos anos habituados, aí anda ela por ela.
Com um bocadinho de jeito talvez sigamos para a liga europa.
Já estou há muitos jogos a ver o Glorioso jogar o que os outros deixam (em termos de Europa) o que dá para perguntar onde está o "mestre das táticas"??
Como adepto burro, só vejo a produção da equipa.
Não vejo como a "fábrica" está organizada.
Nem sei como se organiza, nem quero muito saber porque não sou pago para isso.
Mas a mesma "fábrica" que só perdeu dois "funcioná-
rios", este ano, valha-nos Deus.
Ó JJ, pára lá de contar as notas e abre a sebenta com as táticas e os esquemas marados das marcações de faltas e tal!

Carpácio disse... [Responder]

Olá Nuno,

Tivemos sorte nas bolas no poste, mas se tiveres atenção os golos do Lyon surgem exactamente a seguir a essas bolas atingirem o nosso poste :) 1 dos golos até é directamente gerada a partir da bola no poste :) por isso não sei se foi assim tanta sorte :)

Abraço,

saladino disse... [Responder]

O q se passou vem de encontro ao q escrevi a época passada depois de Liverpool.
Cá no burgo,80%da maioria dos jogos são jogadoe em 40/50 metros no meio campo dos adversários e quando temos q correr box to box 90 minutos as pernas só dão para metade.Não se consegue ganhar ritmo europeu no nosso futebol ultra defensivo onde se joga para não perder na maioria dos jogos.
Nem sequer é pela falta do Di e do Ramires,q também jogaram em Liverpool.Falta sim é a rotina dos jogos terem 90 minutos e o campo ter 105 metros de comprimento!

VHugo disse... [Responder]

Acho que entramos armados em bons e faltou uma coisa... Rematar à baliza...Eu disse À baliza e não para perto dela!

http://forcamagicoslb.blogspot.com/

Enviar um comentário


Subscrever as notícias



Com tecnologia do Blogger.